Por administrador em 21/dez/2012

2012 chega ao fim e os/as professores/as continuam sem reajuste



Durante o balanço de dois anos de governo o governador Agnelo Queiroz anunciou um aumento de 15.8% para algumas categorias de servidores públicos do GDF. Este percentual será dividido em três anos, a partir de 2013. Ele segue assim a orientação da área federal para a área de segurança.

No caso da Educação, há um compromisso de campanha de construir a isonomia salarial com outras carreiras de nível superior do GDF no seu mandato. Esse compromisso foi reafirmado posteriormente em acordo assinado. No caso federal a presidenta Dilma Roussef já garantiu aos professores um reajuste que varia de 25% a 45% dividido em três anos.

Na última reunião de negociação o secretário de Administração Wilmar Lacerda apontou para a continuidade das negociações a respeito da nossa pauta em janeiro. Nós, professores e professoras do ensino público, não aceitaremos mais enrolação e exigimos que as negociações sejam realizadas dentro da perspectiva da isonomia, porque a Educação não pode esperar.

Imprimir