Por administrador em 14/fev/2011

Comissão Especial vai à Câmara debater salário mínimo



Em articulações em Brasília com o objetivo de influenciar a votação do novo valor do salário mínimo 2011, o presidente da CUT, Artur Henrique, informa que foi fechada com o governo e com lideranças do Congresso a criação de uma comissão especial na Câmara dos Deputados para debater o salário mínimo 2011 antes que o tema vá a voto em plenário. Essa comissão especial será instalada na próxima terça, dia 15, e a primeira reunião ocorre no mesmo dia, a partir das 15h. A proposta foi fechada com o presidente da Câmara, Marco Maia. Essa reunião deve contar, segundo acertado hoje, com a presença do ministro da Fazenda, Guido Mantega, e de representantes das centrais sindicais e do parlamento. A comissão pretende explicitar os argumentos de ambos os lados e, a partir disso, encaminhar a votação ao conjunto dos congressistas. Os nomes dos parlamentares que vão compor a comissão será uma escolha do Congresso. No dia 15 e no dia 16 – quando, segundo liderança do governo na Câmara, o projeto do novo mínimo deve ir a plenário,  dirigentes da CUT que representam diversas categorias vão realizar mobilizações dentro do Congresso.

Imprimir